fbpx

O crescente interesse de construtoras, incorporadoras e fabricantes de materiais de construção pelo uso de tecnologia em seus processos sinaliza que o mercado está com uma boa aceitação acerca das novas soluções. Neste texto será abrangido as demais principais aplicações e vantagens que as inovações vem proporcionando ao setor.

 

As tecnologias na construção civil viabilizam não só uma mudança pontual nos processos de uma obra, mas sim em um âmbito abrangente, envolvendo os profissionais de toda a cadeia do setor. A cada dia novas soluções são apresentadas ao mercado e consumidas pelas empresas e, por isso, manter-se atualizado sobre as inovações da área é algo essencial para aqueles que desejam obter excelência, menores custos e mais agilidade na execução de seus empreendimentos.

 

As tecnologias vieram para mudar a engenharia e a construção para melhor e a Smart Sky Consulting, por estar inserida neste meio, se vê no dever de orientar os seus clientes e leitores a respeito de como essas novidades podem auxiliá-los em seus processos construtivos e otimizar os seu resultados.

 

Veja abaixo as várias aplicações de tecnologia na engenharia e seus benefícios:

 

Mais facilidade no acesso às informações da obra

O acesso às informações na obra nos métodos tradicionais sempre foi um desafio encarado pelos engenheiros e gestores. A descentralização das informações causa maus entendimentos e isso pode levar a erros na execução de projeto e possíveis prejuízos.Com o uso da tecnologia é possível centralizar os dados em um só local, onde todos os agentes envolvidos no projeto terão acesso, otimizando os processos e o fluxo de dados entre as partes.

 

Um exemplo de software que permite isso é o Site Scan da 3DR. É um software de processamento de dados aéreos com drones e de gerenciamento de projetos onde todas as informações coletadas estão reunidas no mesmo lugar e disponíveis para todos aqueles que possuem acesso a determinado projeto.

 

Melhor e mais eficiente organização e gestão de documentos

A gestão e organização de documentos físicos (o famoso papel) é algo bem aperreador. Uma construção demanda pilhas e pilhas de papel e isso dificulta o armazenamento, exigindo estrutura física exclusiva, e também facilita a perda de algum arquivo importante, podendo comprometer o andamento da obra.

 

Com softwares baseados na nuvem, como Google Drive, One Drive e Dropbox, a gestão do grande volume de documentos é amplamente facilitada e as chances de perda de algum arquivo caem para quase zero. Documentos, imagens, orçamentos, notas fiscais, relatórios, projetos, contratos, arquivos de RH e todos os outros ficam bem mais organizados e com o acesso extremamente facilitado, podendo ser realizado pelo computador e não necessitando de deslocamento físico para tal.

 

Aumento da segurança

Voltando no item anterior, a segurança de grandes pilhas de papel que contém informações sigilosas e preciosas para o empreendimento está inteiramente em xeque. Com os dados na nuvem e com tecnologias de segurança (como o SSL) o sigilo das informações se mantém e só pessoas autorizadas passam a ter acesso a elas.

 

Para estruturas físicas, é possível utilizar tecnologias como sistema de segurança e monitoramento de canteiro de obras que ajudam a prevenir invasões e roubos.

 

Melhora na produtividade

O uso de tecnologia se mostra extremamente vantajoso quando o assunto é aumento de produtividade. São vários fatores diretamente influenciados pelas inovações tecnológicas que permitem esse grande crescimento. Vale a pena dar uma olhada nesse artigo.

 

Melhor detecção de falhas e desvios de execução

Muitas vezes se detecta falhas e desvios de execução em um tempo não hábil para uma correção imediata, acarretando em um retrabalho e consequentemente gastos e atrasos de cronograma.

 

A tecnologia já dispõe de mecanismos nos quais é possível ver com antecedência algum tipo de desvio e com isso facilitar a tomada de decisão instantânea para que aquele erro seja o menos danoso possível. É o exemplo da tecnologia de mapeamento aéreo com drones aliada à já citada plataforma Site Scan da 3DR.

 

Após o mapeamento de, vamos supor, uma área que começa a ser escavada para a execução da fundação. Depois do processamento no software, é possível comparar o executado com o projetado e assim avaliar se houve algum deslocamento durante a escavação.

 

Caso haja algum desvio, com uma breve análise é possível detectar o erro e então avisar as equipes executoras para que refaçam o trabalho e não continuem a atividade, minimizando assim o tempo gasto com retrabalho.

 

Otimização da comunicação

Com uma maior facilidade no acesso às informações e uma maior organização e gestão de documentos, explicitado neste documento nos itens 1 e 2 respectivamente, a comunicação evidentemente é otimizada.

 

Uma comunicação eficiente e automatizada antecipa problemas, previne erros, facilita os processos e ainda garante que as atividades sejam feitas de forma rápida e eficaz.

 

O uso de softwares de mensagens instantâneas corporativos, como é o caso do Skype, também auxilia na otimização da comunicação.

 

Cumprimento de prazos

Cumprir o cronograma, com certeza, é um dos maiores gargalos enfrentados pelos gestores de obra espalhados pelo Brasil. É mais comum presenciar obras que estouraram o prazo do que aquelas que estão respeitando o planejamento.

 

Há vários softwares que auxiliam no acompanhamento da obra de acordo com os prazos estabelecidos para cada etapa ou tarefa a ser executada. São softwares que realizam a comparação do planejado e executado e ainda lhe fornecem uma série de outras variáveis que, quando analisadas juntas, ajudam na tomada de decisão caso haja algum atraso.

 

Acompanhar e gerenciar uma obra através desses softwares é o primeiro passo para garantir o sucesso da sua construção. Eles são completos, apresentam indicativos, gráficos, geram relatórios e muitos outros.
Alguns bons exemplos de softwares de gerenciamento são: EVOP, MS Project e Primus-K.

 

Materiais tecnológicos

Nos últimos anos uma grande variedade de materiais de construção com tecnologia aplicada foram desenvolvidos. São várias as suas utilidades. Abaixo, alguns exemplos:

 

1. Etiquetas RFID para controle de estoque – essa tecnologia permite a captura, a leitura e a gravação das informações através de ondas de rádio a uma certa distância. Muito usada para controle de materiais já apresentam alguns bons benefícios para os construtores, como: menos conflito com fornecedores, economia no fluxo de caixa, redução de armazenagem e manuseio de materiais e aumento na produtividade da força de trabalho.

 

2. Bioconcreto – concreto que se autopreenche pela ação de bactérias. Quando as fissuras começam a se formar, a água entra pelas infiltrações e dissolve cápsulas que possuem bactérias e lactato de cálcio. Assim que dissolvidas, as bactérias se alimentam do lactato e produzem calcário para preencher as fissuras.

 

3. Nanotubos de carbono – são tubos que podem ser esticados 1 milhão de vezes mais que sua espessura, que é de 1 nanômetro. São muito leves e fortes e podem ser encaixados com outros materiais, como metais, concreto, madeira e vidro, afim de torná-los mais resistentes ao atrito.

 

4. Aerogel – é uma substância extremamente leve (densidade de 15 a 3 vezes menor que a do ar) e que pode aguentar até 45 mil vezes o próprio peso. Esse tecido aerogel possui um poder isolante de até 4 vezes maior se comparado à fibra de vidro ou à espuma. Hoje em dia o seu preço o torna inviável para aplicação em obras, mas quando o seu valor estiver mais acessível, poderá beneficiar grandes projetos de construção

 

            O que você achou as aplicações e vantagens de tecnologias apresentadas aqui? Você utiliza alguma em sua obra?