fbpx

BIM: O QUE É E QUAIS SÃO OS MELHORES SOFTWARES DISPONÍVEIS NO MERCADO

BIM (Building Information Model, ou Modelagem da Informação da Construção, em português), diferente do que muitos pensam NÃO é um software. Ele deve ser entendido como um processo, ou metodologia, que utiliza da tecnologia para gerar um conjunto de informações e as armazena ao longo da vida de todo o empreendimento afim de facilitar o processo construtivo e ser crucial no auxílio a tomadas de decisão. Os softwares que falaremos mais adiante, como Revit, Navisworks, AECOsim, ArchiCAD e outros, são FERRAMENTAS que utilizam a tecnologia BIM.


A utilização do BIM em empreendimentos já se mostrou muito eficiente mundo afora e no Brasil está começando a se tornar uma prática comum nas obras aqui presentes. Para se mensurar o tamanho da importância que o BIM tem para a construção civil e como o seu uso pode beneficiar o setor, vale ressaltar que no dia 17 de maio de 2018 foi assinado um Decreto Presidencial no qual tornou obrigatória a utilização de BIM a partir de 2021 nos projetos e construções públicos em nosso país. O setor da construção no Brasil que sempre andou a passos curtos quando o assunto era inovação e tecnologia começa a dar sinais de recuperação. O uso do BIM torna a construção mais industrializada e informatizada. São inúmeras as vantagens, possibilidades e facilidades que essa tecnologia trará pro setor. Abaixo, algumas delas listadas:

  • Visualização 3D do empreendimento, auxiliando em tomadas de decisão e realizando comparações com diversas alternativas;
  • Mais facilidade no gerenciamento da construção a partir de uma grande integração e colaboração entre os agentes envolvidos na construção;
  • Projetos do empreendimento compatíveis e integrados, mitigando a necessidade de revisões e gerando expressivas economias com retrabalho (ex. se há alguma alteração de algum elemento em determinado projeto, automaticamente todos os projetos que constam tal elemento são modificados também);
  • Fluxo de trabalho aberto e transparente, possibilitando a participação dos membros do projeto independente dos softwares que utilizam;
  • Em níveis mais avançados de BIM, 4D e 5D (assunto que será abordado em outra publicação), é possível atrelar as variáveis tempo e custos ao projeto, respectivamente, gerando grande redução de custo operacional e de gerenciamento;
  • Inclusão de TODO o ciclo de uma construção, contemplando até mínimos detalhes, como informações sobre fabricantes;
  • Quantificação de trabalho e de tempo de mão de obra e; diversas outras vantagens.

Essa quantidade de informação que é gerada pelo uso da tecnologia BIM só é possível devido à grande integração que há entre os softwares utilizados e as partes envolvidas no processo. Tendo em vista isso, é de fundamental importância que haja uma eficiente interoperabilidade entre os sistemas/softwares, ou seja, uma boa capacidade de trocarem dados entre si.
O BIM é uma tecnologia disruptiva que com certeza irá alavancar a construção civil do Brasil nos próximos anos a medida que aplicada pelas empresas. Haverá uma grande diminuição de erros de projeto e de retrabalhos desnecessários. Além disso, as informações sobre as construções servirão como base de dados para futuros negócios.
A Smart Sky está atenta ao desenvolvimento do setor da construção nos próximos anos e, por isso, já realiza estudos com os seus clientes para a implantação do BIM juntamente com a tecnologia de drones e o Site Scan da 3DR. O próprio Site Scan disponibiliza uma função em sua plataforma chamada de “Connect to BIM 360” na qual é feita uma conexão direta com o software BIM de colaboração da Autodesk. A interoperabilidade entre os dois sistemas, a grande automatização do processo com todo o trabalho sendo feito e salvo na nuvem pode, com certeza, trazer benefícios inenarráveis aos clientes que optarem por adotar essas soluções.
A seguir serão apresentados alguns dos melhores e mais famosos softwares com tecnologia BIM do mercado:

 

REVIT (AUTODESK) – Talvez o mais conhecido software BIM do mercado, o Revit é utilizado para modelagem 3D de edifícios e estruturas. Com ele é possível gerar automaticamente plantas, elevações, cortes e maquete eletrônica. Algumas das grandes vantagens de se utilizar o Revit são:

  • Possibilidade de todos os usuários trabalharem em um só lugar mesclando suas alterações;
  • Grande agilidade para elaboração de projetos;
  • Utiliza modelos paramétricos 3D para ajudar a criar projetos mais precisos e realistas;
  • Integração e sincronização sem conflitos;
  • Gera um relatório prévio de custos das diferentes partes do projeto;
  • Permite o acompanhamento e gerenciamento de todo o ciclo de uma construção, realizando projeções e fazendo comparações;
  • Fácil identificação de incompatibilidades existentes.

 

NAVISWORKS (AUTODESK) – Software que permite uma ótima coordenação, simulação da construção e análise de todo o projeto para revisão de projetos integrados. Possui ferramentas avançadas de simulação e validação. Alguns dos recursos que tornam o Navisworks um software poderoso são:

  • Possibilidade de abrir os arquivos dentro dos outros softwares Autodesk para modelagem;
  • Detecção automática de conflitos de projetos;
  • Coordenação de modelos de projeto;
  • Oferece suporte para mais de 60 formatos de arquivo;
  • Possibilidade de combinar dados de projeto e construção em um único modelo;
  • Criação e compartilhamento de vistas;
  • Revisão de projeto por toda a equipe, permitindo explorar e rever modelos complexos em tempo real;
  • Navegação virtual por toda a construção para gerenciamento da obra;
  • Possibilidade de atrelar a variável custos no software e realizar uma gestão mais eficiente.

 

MS PROJECT (MICROSOFT) – Software para planejamento, gestão e acompanhamento de projetos. Pode ser utilizado com conjunto com Revit e Navisworks. Pontos que tornam o MS Project um importante software BIM:

  • Modelos já existentes e com a possibilidade de serem personalizados para que não seja necessário criar o projeto do zero;
  • Recursos de programação consagrados que ajudam a reduzir o tempo de treinamento e simplificam o planejamento de projetos;
  • Relatórios completos e organizados;
  • Dashboard simples e intuitivo contendo todas as atividades do projeto e de fácil compartilhamento;
  • Relatório emitidos em tempo real e prontos para uso em outros softwares, como Power BI.

 

AECOSIM (BENTLEY) – Software para projeto de edificações que suporta desde o projeto conceitual e as documentações até a coordenação e a construção. O AECOsim baseia-se no ciclo de vida completo de um projeto e oferece uma grande variedade de possibilidades, pois o programa é orientado para o fluxo de trabalho.

 

ARCHICAD (GRAPHISOFT) – Software de arquitetura que trabalha com elaborações de projetos e modelos arquitetônicos, permitindo visualizações em 2D e 3D. O programa possui uma central que automatiza o desenvolvimento de plantas, cortes, fachadas e todo o restante dos elementos de design necessário para o arquiteto ou engenheiro. Há uma grande integralidade entre as equipes que utilizam os recursos do ArchiCad, permitindo o trabalho em conjunto com diversos membros de setores diferentes.

 

TEKLA STRUCTURES (TRIMBLE) – Software para criação de modelos que contém informações precisas, confiáveis e detalhadas que otimizam a modelagem de informações para a construção. Com o Tekla Structures é possível modelar todos os materiais que forem necessários, trabalhar com qualquer tipo de estrutura (até as mais complexas), criar modelos edificáveis precisos e estimular o fluxo de informações desde a concepção do projeto até a construção.